Agora, mais do que nunca, as redes sociais são uma ferramenta valiosa e importante – uma forma de se manter a par do que se vai passando com o Covid-19 e um meio para comunicar com clientes, colaboradores e outras partes interessadas. Leia mais sobre algumas orientações práticas para a utilização das redes sociais no ambiente atual. Note que estes não se destinam a passos sequenciais. Pelo contrário, são pilares de atividade, concebidos para serem executados simultaneamente, continuamente e interdependentemente.
  1. Planeie. É importante estabelecer planos claros e executáveis para a forma como a sua organização está a usar e gerir as redes sociais. Em particular, deve determinar o papel de cada um dos seus diferentes canais sociais, com base numa avaliação contínua de como os seus diferentes grupos de audiências – clientes, colaboradores, meios de comunicação social, etc. – estão a usá-los.
  2. Monitorize. As redes sociais podem ajudá-lo a entender o que os seus principais grupos de audiências estão a dizer – tanto em relação à pandemia Covid-19 como no que diz respeito a desafios mais gerais de vida e/ou negócios. Certifique-se de que tem uma pessoa ou equipa dedicada a monitorizar a conversa nas redes sociais e a atualizar a organização sobre as últimas tendências, políticas e notícias do público. Isto pode exigir uma alteração temporária das práticas de trabalho, com as equipas a operarem por turnos para cobrir diferentes fusos horários. Também se pode inscrever no Daily Media Update da Edelman Intelligence para se manter a par dos mais recentes desenvolvimentos Covid-19.
  3. Guie. Desde plataformas de redes sociais de empresas próprias até contas pessoais de líderes e colaboradores individuais, todos precisam de perceber qual o conteúdo apropriado para partilhar, estar atento aos protocolos de resposta e sentir-se confortável com a forma de escalar potenciais problemas. Certifique-se de que as palavras-passe e o acesso aos canais de redes sociais corporativos não estão confinados a uma pessoa – dessa forma, pode mitigar o impacto dos membros da equipa ficarem mal-dispostos ou indisponíveis.
  4. Avalie. Os seus conteúdos de redes sociais planeados, campanhas de influenciadores e/ou anúncios ajustam-se a compras relevantes e apropriadas no ambiente atual? O que diria o seu crítico mais duro ou cínico? Num momento de crise sem precedentes, todos estão de olho posto no que as organizações dizem e fazem. Ser visto como oportunista ou insensível pode resultar em danos graves e duradouros à sua reputação. (Ver também Como guiar: Marketing de marca Durante a Pandemia Coronavirus). Certifique-se, também, de que o seu conteúdo não contradiz quaisquer diretrizes locais em torno da gestão da Covid-19.
  5. Responda. A forma como responde a inquéritos e interações nas redes sociais é fundamental para preservar a confiança entre as partes interessadas, especialmente no caso de um surto Covid-19 dentro da sua organização ou comunidade local. Deve desenvolver mensagens específicas para o coronavírus e, se possível, procurar realizar uma conferência diária com o seu(s) gestor comunitário, definindo orientações claras para como, quando e onde responder. Muitas das vezes, terá de agir rapidamente, mas conseguir a sua resposta ainda tem precedentes. Seja cauteloso e meticuloso em todas as respostas, por mais inócua que a interação possa parecer na altura.

A EDC é a Affiliate Partner da Edelman em Portugal. Notícia Edelman